25/05/2009

PETER , À ESPERA DOS TEUS BRAÇOS

Onde estavas quando precisei da tua voz? Onde estavam os teus braços quando precisei de um abraço? "Não te ouvi dizer: força, vai correr tudo bem..!" Olho o telefone que não vibra. Onde estavas quando precisei que os teus olhos estivessem comigo? Eu não caí, mas não foram os teus braços que me seguraram, não foi a tua voz que me disse: "Força, vai correr tudo bem!" Escorreguei quase que a cair. Era naquele momento que precisava dos teus braços, da tua voz. Onde estavas? Porque não me disseste: "Força, vai correr tudo bem!" ? Onde escondeste os teus braços? O momento passa. O momento passou, no silêncio dos teus braços, duma voz que não reconheci como minha amiga.

14 comentários:

VIAJANTE DO MAR disse...

Procura e saberás onde estava escondida... se calhar bem dentro de ti.

Abraço

pedropina disse...

VIAJANTE DO MAR: não estava....!

korrosiva disse...

Pedrocas... a falta que faz um abraço e uma voz amiga no momento certo :(

beijinhoss

LusoBoy disse...

Pois, às vezes precisamos duma certa força, carinho ou preocupação em dadas alturas e nem sempre as temos :(. Daí também ser importante sermos nós próprios a nossa fonte de tudo isso. Mas nem sempre é a mesma coisa, não é?

Green Eyes disse...

Pedro isto são coincidências engraçadas entre nós, este texto poderia ser escrito por mim...

Penso que também no teu caso não um alguém qualquer mas aquele de quem estávamos à espera dessa reacção e que não a teve, corrige-me se erro, mas estas palavras parecem-me tão minhas :)

beijinhos
se algum dia escreveres um livro avisa-me :)

pedropina disse...

korrosiva: a kem o dizes! principalmente dakeles k acreditámos k eram de facto verdadeiros amigos!
beijinhus

pedropina disse...

LusoBoy : nao, nem sempre é a mesma coisa! mas tens razao! tem de estar tudo ca dentro, ate as palmadinhas nas costas!

pedropina disse...

Green Eyes: tens toda a razao! sem correção alguma a fazer! talvez sejam expectativas minhas ou k alguem me criou, mas nakele momento era exatamente akela e nao outra voz k precisava ouvir...
beijinhnus

DANTE disse...

Apesar de tudo , há alturas em que apenas podemos contar com nós próprios...

Um abraço Pedro

pedropina disse...

DANTE : essa é uma grd verdade! eu é k ainda crio expectativas....!

O Cantinho dos Sonhos disse...

Não é a mesma coisa,mas cá vai um abraço virtual...

ehehehehe

Beijinhos.

pedropina disse...

O Cantinho dos Sonhos :

ohhhhhhhhhh
obrigado!....
um beijinhu

Pedro Barata disse...

Olá Pedro, descobri o teu blog pelo comment que me fizeste. Gostei e voltarei mais vezes.
Tens razão naquilo que disseste, mas olha pior foi no meu antigo blog, sobre futebol, que apareceu duas vezes em jornais (num deles fazendo transcrição de um post) e nem avisaram que ia ser publicado. Tive a sorte de ter amigos que viram.
Um abraço ;)

Abraço-te disse...

"Pedro, à espera dos teus braços"
Apenas deixo Abraços

Abraço-te