08/08/2009

PETER E O FANTASMA DO PASSADO




Um fantasma vem do passado atormentar o presente. Está sempre à espreita, pronto para nos assombrar, a qualquer momento. Um fantasma do passado tráz com ele pesadelos que nos atormentam, não nos permitindo sonhar o futuro. O medo. O medo dos fantasmas. Fugimos deles. Tentamos ignorar, fugir e fingir. o medo de desenterrar um pesadelo é o medo de viver a mesma dor duas vezes. Mas é preciso fazê-lo. Desenterrá-lo. Deixa-lo vir à superficie e encará-lo. Hoje não lhe vou virar as costas. Não vou fugir e fingir que não me atormentou. Hoje digo-lhe tudo o que está escondido no fundo dos pensamentos da minha alma. Hoje, encaro o fantasma do passado. Digo-lhe que já não o temo. Os fantasmas do passado apenas nos podem atormentar se nós tivermos medo e lhes permitirmos. Apago esse fantasma com borrachas mágicas e sei que não irá voltar a atormentar-me.

6 comentários:

korrosiva disse...

Nem mais Pedrocas.. há que arrasar com os fantasmas e seguir em frente! :D

beijinhosss

PEDRO PINA disse...

korrosiva: k o passado fike no passado!

Marilena' disse...

Eu tenho tantos fantasmas do passado a atormentarem-me cada dia.
mas estou a aprender a mata-los no passado para que nao voltem ao presente .

PEDRO PINA disse...

Marilena': enfrenta-os de frente! custa! mas só assim é possivel seguir em frente!

Hyndra disse...

Enfrentar e nao fugir torna tudo mais fácil.

Há um mimo para ti no meu blogue.
bjs.

Maria disse...

Pois é Pedro, passado é isso mesmo...Passado, já passou. Há que saber aprender com o passado, viver bem o presente para preparar o futuro.
(Dizer é tão fácil!!! lolol)

Beijo de bom fim de semana

Maria