18/09/2007

PETER NUM ESPELHO NO ESCURO

Ontem à noite estava sozinho, despi-me e fiquei a dançar nu em frente ao espelho, não tinha música. Eu era a musica, o meu corpo. No silencio do meu corpo encontrei o movimento, o ritmo, o som. Lembrei-me de mim. Há muito que não o fazia... Respirei o meu cheiro, senti o meu toque, encontrei-me comigo. Ali, às escuras, no vulto do reflexo do espelho, reconheço esses movimentos dessa sombra que sou eu. Os meus desejos. Os meus sonhos. Os meus segredos mais intimos. As minhas confissões a revelar...

13 comentários:

O que te vai na alma!! disse...

é bom lembrarmo-nos de nos proprios de vez em kuando.. encontrarmo-nos..

bom encontro!!!

abraço

Mike disse...

Gostei da estreia. Parabéns! (já agora, e desculpa o reparo, mas enganaste-te no meu nome ali nos links :PP) lol.
Abraços.

Graduated Fool disse...

Ah pois, já constas da minha lista.
Força com isto!

pedropina disse...

mike: sorry, thks, ja ta corrigido!

Gemini disse...

Pareces o anúncio do Leite Matinal. Eu detesto espelhos, mas isso deve ser do meu lado vampiro.
Mas não exageres, olha que o Narciso deu-se mal. lol
Dito isto, visto o nome do novo blog, não podias ter escolhido melhor tema para o post.
abraço

Felipe Nunes disse...

Confessa-te também a mim Pedro Pina.

Aquele abraço,
filiphugo ;)*

inperpetuum disse...

oh Pedro! que saudades de te "ler"...
Quero ler mais sonhos teus :)
No fundo, muitos dos nossos sonhos são semelhantes, não é?
Beijinhoooooo :)

inperpetuum disse...

Já agora... adoro as tuas fotos hehehe boas escolhas!

SoNosCredita disse...

mto poucos o admitiriam assim, publicamente!

pedropina disse...

Gemini: do leite matinal é + "se eu nao gostar de mim kem gostará,..."

flipuhugo: eu ajoelho-me e confesso-te!

interpetuum: parece k sim...tal como cantar em cima dum piano!

Pedro disse...

5*

TheTalesMaker disse...

Fazes bem reencontrares te de vez em quando. Só assim muitas vezes conseguimos reconhecermo-nos e lembramo-nos de quem somos, dos nossos valores e principios, do que defendemos, por quem lutamos.

Nelson A. Soares disse...

Foi uma entrada de rompante...


Gostei. Propõe uma imagem e uma actitude pouco usual mas interessante, uma vez que mexo com o subconsciente...



Pelo menos, foi isto que senti.


Stay Well