15/07/2009

PETER , P DE PAUSA



Acendo um incenso. Olho o fumo a subir. Não me movo. Sinto-me em pausa. Esse momento suspenso no tempo entre dois movimentos. A suspensão. Não respiro. Estou em pausa. Sinto o silêncio duma fase indfinida na qual não sei o que sentir. Talvez já não esteja no passado. Talvez ainda ñão esteja no futuro. Estou algures em pausa num momento inexistente no qual nada acontece. Tenho um pé atrás. Tenho um pé quase à frente. Não avanço. Não recuo. Tudo pode acontecer a partir de agora. Mas o agora está bloqueado, suspenso num silêncio indefinido numa pausa, sobre a qual não quero pensar. Fecho os olhos. Estou em pausa. Deixo-me estar pausadamente parado, silênciosamente imóvel.

18 comentários:

Remelas disse...

Oh Pedro, eu costumo ter essas cenas quando bebo uns copázios a menos que aqueles que me deixavam mesmo, mesmo, mesmo a dormir.

Não sei se me faço entender.

Sofia disse...

Tu estás em pausa, eu estou no meu lugar encantado...
sinto-me da mesma forma, presa no tempo e sabes, por momentos é bom e tranquilizante estar ali...
Tenho a noção q n posso lá permanecer, tambem n quero, quero viver mas neste instante... Só quero q me deixem ali... Quero chorar, quero SENTIR isto...

Espero q a tua pausa seja bem melhor q a minha... a minha acarreta com ela lagrimas...

Beijinho querido...

este sou eu disse...

Remelas:

lolol mas eu nao tenho bebido nada!

este sou eu disse...

Sofia : a minha pausa está calma, n tem lágrimas, nao tem sorrisos, mas sim tb tenho a noção k não posso fikar aki e assim para sempre

S* disse...

Gosto desses momentos de pausa, em que o olhar se perde do horizante e ficamos simplesmente... ali.

korrosiva disse...

Pedrocas, a vida faz-se em Play e nunca em pause..

beijinhoss

Hyndra disse...

Acontece de vez em quando ficarmos assim...suspensos na vida! Nao é mau, nao é bom...é apenas um estado necessário!

Obrigada pela visita ao meu blogue. Gostei do teu, logo, aproveito para comunicar que vou vir cá mais vezes :-D

este sou eu disse...

S* : o olhar fika mxm assim perdido no vago....

este sou eu disse...

korrosiva: sim, mas e o medo de carregar no play?

este sou eu disse...

Hyndra: obrgd p teres vindo..., sim a melhor definiçao é essa mesma...um estado necessário!

VIAJANTE DO MAR disse...

As pausas são muito necessárias, ao nosso bem estar.
Também gosto de me pôr ausente. :)

Abraços

este sou eu disse...

VIAJANTE DO MAR : nao foi uma pausa premeditada, mas imposta mas...não ta ser mau de todo!

Crayon disse...

Halo halo :D
desde já agradexo a visita e o comentario ao meu blog :D

Desde já sou tua seguidora tambem :D:D:D

Bjoquinhas :P

PEDRO PINA disse...

Crayon:

ohhhh obrgd!
:))))))))))

aquelabruxa disse...

faz control-alt-enter ;)
tinha uma amiga japonesa que só sabia falar inglês com linguagem de computador. quando se ia deitar dizia "i´m going to delete myself".
beijinhos

PEDRO PINA disse...

aquelabruxa: adorei a expresao!!!! enter!

prAia em Mim disse...

a quietude é essencial ao nosso reencontro...e o incenso suscita esse estado meditativo.

gostei de te ler.seguir-te-ei...:)

PEDRO PINA disse...

prAia em Mim : kdo acendo incenso em pausa tento meditar e encontrar-me...mas os pensamentos....em turbilhão...