02/08/2009

PETER NA RELVA DO JARDIM DA GULBENKIAN


Fim de uma tarde de Verão. Abro os olhos. Um azul claro invade-me. Uma imagem límpida, limpa. Não penso. Não penso em nada. Sinto o verde fresco por baixo de mim. Inclino o rosto. Duas enormes árvores à minha frente dançam ao vento. Um par de árvores. Sinto também o vento no meu corpo. Não penso. Não penso em nada. Fecho os olhos. Enrolo-me em mim mesmo neste jardim e fico aqui. Fico comigo. É bom. Não ouço vozes. Não ouço nada. Ouço um silêncio. ouço-me a mim. Abraço-me. Sinto a relva na minha cara. É bom. Aqui o tempo não existe. Aqui a dor não existe. Aqui não existe nada. Existe esta relva fresca que quase me adormece em mim e existe eu. Reencontro-me nessas árvores. Nessa água. Tenho saudades de mim.

10 comentários:

Crayon disse...

Halo Halo :D

As vezes faz bem estar sozinho, sentir o vento e anadr com as nubens, respirar o ar fresco e pensar...nada melhor q um dia de sol para podermos nos perder nas ondas do nosso pensamento... Como vez gostei do post ;D

Bjoquinhas

Solita disse...

E Eu gosto de todos mesmo sem os comentar.


jinhos

PEDRO PINA disse...

Crayon: obrgd..., sabes ha anos k nao o fazia, agora sei k tenho de o fazer mais vezes!

PEDRO PINA disse...

Solita: ohhhh tao krida... é, andas caladita andas lol

Brancamar disse...

E é tão bom ouvirmo-nos a nós!
Fruto da vida agitada,dos horários e de uma certa alienação andamos todos um pouco perdidos...
É preciso tempo para estarmos connosco, para essa comunhão com a natureza de que também fazemos parte e da qual andamos tão divorciados... é preciso tempo para nos encontrarmos.
Procura tempo para te sentires, é essencial, quase tão essencial como o ar que respiramos.
Beijinhos
Branca

PEDRO PINA disse...

Brancamar: eu sempre senti k fazia parte da natureza e k ela fazia parte de mim... e visito-a tao poucas vezes k acabei por esquecer uma parte muito importante de mim...!

Maria disse...

Que bons momentos Pedro, também gosto de me abstrair de tudo e sentir a natureza, o nada...Bom, muito bom mesmo

Beijo para ti

Maria

PEDRO PINA disse...

Maria: é mxm mt bom! às vezes é necessario abstrairmo-nos de tudo para voltarmos a nós mesmos!

aquelabruxa disse...

existem rãs enormes e lindas, num charco cheio de nenúfares! também andei por aí nestas férias :)

PEDRO PINA disse...

aquelabruxa: ai eu ainda nao vi essas rãs!!!! hoje ao fim da tarde vou lá espreitá-las!!!!